Pedro e o Lobo no final de semana de encerramento do FTB – RS

Imagem: Francisco Martins

Pedro e o Lobo

Baseada na peça musical do compositor russo Sergei Prokofiev (1891-1953), a versão para bonecos de Pedro e o Lobo reforça com imagens a ideia central da versão original: apresentar às crianças a estrutura elementar de uma orquestra, seus principais grupos de instrumentos e timbres sonoros. Sintético e comunicativo, o espetáculo tem como cenário um desenho em um quadro negro. As vozes dos personagens surgem ao vivo e o plano do palco passa a ser o do chão, ao mesmo nível dos pequenos espectadores. 

Ficha técnica:
Direção geral e marionetes: Álvaro Apocalypse
Atores marionetistas: Beatriz Apocalypse, Raimundo Neto, Ulisses Tavares

Apresentação: 16 e17 de julho
Local: Teatro de Câmara
Horário: 15h

Dia 16/07 (HOJE): Bate-papo com o público após a apresentação
Ingressos: R$ 10,00 (inteira), e R$ 5,00 (meia-entrada)
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos
Duração: 40 minutos

Anúncios

Recado da Concessa

Concessa Tecendo Prosa (Crédito: Cristina Livramento)

Cê, aí! Sai da frente deste computador, para de mexer nesse iogult! Larga desse corrimento de cidade grande. Não precisa nem pegar jato no Aeroporto do Galinhão – apanha uma condição e vem comer bolo com a Concessa prá ficar efetivo, que só vendo.

Comparação:

Ei! Sai da frente do computador, para de mexer no Orkut. Dá um tempo nessa correria da grande metrópole. Nem precisa pegar jato no Galeão – apanha uma condução e vem rir, chorar e aproveitar o bolo e o talento da Concessa, que vai te deixar feliz, feliz.

CONCESSA TECENDO PROSA está em cartaz HOJE, no Teatro do Sesc, em PORTO ALEGRE; AMANHÃ é a vez de NOVO HAMBURGO; e SÁBADO, em Caxias do Sul. SEMPRE ÀS 20h!

E É DIFÍCIL DIZER O QUE É MELHOR: O ESPETÁCULO OU O BOLO QUE A CONCESSA DIVIDE COM A PLATEIA.

Concessa estará em Caxias e Novo Hamburgo com o apoio 

Confira programação do Festival do Teatro Brasileiro em http://www.liga.art.br/

 

 

Barbazul estreia hoje no Teatro Bruno Kiefer

Foto: Vilmar Oliveira

Barbazul

O espetáculo tem como base a história O Barba Azul, de Charles Perrault. O mito de um homem que se casava com as mulheres e depois as matava. Esse mito fala das relações de dominação, das relações de submissão não só entre homens e mulheres, mas também entre mulheres e entre homens, e entre hierarquias sociais diversas. O espetáculo se utiliza de diversas técnicas cênicas, como dança, musica tocada ao vivo e narração de historias para contar de maneira lúdica e divertida, mas ao mesmo tempo poética e lírica, uma história mítica que fala de nossa vida cotidiana e atual. 

Ficha técnica:
Concepção e Direção: Ângela Mourão.
Atuação: Ângela Mourão e Beto Militani.
Produção Geral: Marcelo Bones

Apresentação: 13 e 14 de julho
Local: Teatro Bruno Kiefer
Horário: 20h
Ingressos: R$ 10,00 (inteira), e R$ 5,00 (meia-entrada)
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 10 anos

“Nesta Data Querida” aborda incomunicabilidade e solidão

Foto: Guto Muniz

A proposta de criação do espetáculo privilegiou a temática urbana belorizontina e sua realidade, passando por uma investigação de arquétipos cuja a universalidade serviu de contraponto a um possível e indesejado bairrismo. Os atores entrevistaram cidadãos anônimos e também buscaram inspiração para a construção de suas personagens através de fotos, imagens, poemas, fragmentos literários, músicas e notícias contemporâneas de jornais mineiros. Material base para traduzir conflitos existenciais não necessariamente regionalizados: a incomunicabilidade, a solidão em meio à massa urbana, as buscas de laços sociais, a tentativa de solidariedade, o choque das diferenças e o anseio amoroso.

Indicado ao 1º Prêmio Usiminas-Sinparc – Melhor Ator (Cláudio Dias) e Melhor Atriz Coadjuvante (Cláudia Corrêa).

Ficha técnica:
Concepção: Cia. Luna Lunera, Guilherme Lessa e Rita Clemente
Direção: Rita Clemente
Em cena: Ana Flávia Rennó, Cláudia Corrêa e Cláudio Dias

Apresentação: 08, 09 e 10 de julho
Local: Teatro de Câmara
Horário: Dias 08 e 09/07 – 20h e 10/07 – 18h
Dia 09/07: Bate-papo com o público após a apresentação
Ingressos: R$ 10,00 (inteira), e R$ 5,00 (meia-entrada)
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 55 minutos